Perdão, Leonard Peacock.

Oi, bonitezas!

A resenha de hoje é sobre o segundo livro que li durante as férias, o primeiro foi o A probabilidade estatística do amor à primeira vista’ , e o segundo Perdão, Leonard Peacock, é um livro da Editora Intrínseca, possui 223 páginas e é um romance de Matthew Quick (o mesmo autor de O lado bom da vida).

Este livro me surpreendeu muito, apesar de ter comprado-o pelo título, pensei que não gostaria pelo fato de, no começo, ter coisas que envolvem a Segunda Guerra Mundial, afinal não gosto desse tipo de livro, mas enfim, Perdão, Leonard Peacock me prendeu e conforme a leitura ia fluindo fui gostando, e gostando muito! É um livro que nos envolve totalmente, confesso que em algumas partes me senti amiga do personagem principal e até senti vontade de fazer alguma coisa para impedi-lo de fazer as coisas que ele tanto quer, isso parece loucura, mas talvez este seja o grande poder de Matthew Quick.
Matthew Quick usa uma linguagem fácil e direta, sem muito ‘mimimi’, e, pra mim, isso nos envolve ainda mais, pois faz com que a história fique ainda mais real, longe de qualquer ficção e até mesmo de um livro que exige dicionários ao lado o tempo inteiro, dificultando assim o entendimento para algumas pessoas.
Uma coisa que chamou bastante a minha atenção foi o rodapé da maioria das páginas, pois são “explicações” para alguns termos que ele usa, e isso nos ajuda a entender um pouco mais o que passa na cabeça de Leonard. As coisas seriam mais fáceis se todos os livros tivessem isso, facilitaria tudo. Certeza!
O que me deixou um “triste” em relação ao livro inteiro foi o final, eu esperava um pouquinho mais, Matthew fez um livro perfeito até suas 4 últimas páginas, estava atrás de um desfecho completo, algo que me fizesse colocar Perdão, Leonardo Peacock como um dos meus três livros preferidos, faltou um pouquinho mais. Enfim, com tudo isso, ainda me sinto apegada por alguns personagens do livro e apesar do finalzinho ele está em algum lugar na lista dos meus livros prediletos. De zero a cinco dou quatro e meio!
Fica a indicação!
Espero que vocês gostem e quero saber o que vocês acharam, hein?
É isso!!!!
Beijitos

AREMO

Oi, bonitezas!Hoje vou apresentar a vocês uma marca que tem me deixado cada vez mais apaixonada pelo mundo da moda, a AREMO.

A AREMO é uma marca de fast fashion que atua online – para nossa maior felicidade, afinal podemos ter coisas lindas ao nosso alcance por apenas alguns cliques! -, nela encontramos roupas, bijoux, acessórios, bolsas e ainda ficamos por dentro das tendências, sem tirar que os preços também são ótimos.

Nas compras acima de R$150 o frete é totalmente grátis, e se você precisar trocar alguma compra, em até 30 dias o serviço de frete também é gratuito, se você não tenha ficado satisfeita com a compra e queira devolver, a Aremo devolve seu dinheiro, inclusive o valor gasto com o frete. A entrega é super rápida, entregas para SP, CTB, RJ e BH, são feitas em até 1 dia últil. Existem restrições de CEP. 
Aceitam pagamentos em até 12x sem juros com PayPal e em até 6x sem juros com Visa, Mastercard, Amex, Elo e Diners Club.

Acompanhe a AREMO nas redes sociais:

Instagram: @aremofashion
Twitter: @AREMOFashion
Facebook: AREMO

Site: http://aremo.com.br


E você? Já fez alguma compra na AREMO?
Conte-nos o que achou!

Espero que vocês gostem, eu amei!

Beijitos!

Can’t Remember To Forget You – Shakira ft. Rihanna

Oi bonitezas!

O post de hoje é sobre o single da Shakira em parceria com a Rihanna. A música foi lançada ontem pelo canal da Shakira  e, no mesmo dia, já ultrapassou mais de 4 milhões de views – sucesso! -, devo dizer que gostei bastante da letra e do ritmo, ou seja, super aprovei essa parceria, espero que as duas façam mais parcerias juntas!

O single fará parte do quarto álbum de estúdio em inglês da Shakira, sendo oitavo contando com todos os seus outros trabalhos. O último álbum da cantora, Sale el sol, foi lançado em 2010. Depois de três anos devemos dizer que, com certeza, está vindo coisa boa por aí!

Quero saber o que vocês acharam da música, hein?
É isso!
Beijitos!!!!!

A probabilidade estatística do amor à primeira vista.

Oi, bonitezas!

Então, essa é a primeira resenha do ano! Uhul! Enfim, falarei sobre um dos livros que li durante as férias, como vocês puderam perceber, ele se chama “A probabilidade estatística do amor à primeira vista“, é um livro da Editora Galera Record, possui 223 páginas e sua autora é a Jennifer E. Smith.

Devo dizer que o livro é maravilhoso, acreditem, a história acontece em apenas um dia, e a autora incrível soube escrever de uma forma que não ficou mútua, difícil de compreender, pelo contrário, ela soube resumir 24h de forma bem clara, sem erros, sem dificuldades. Isso me chamou bastante atenção.
Devo dizer que tenho uma certa “preguicinha” de ler livros com fontes pequenas, o que não foi o caso deste, pois as letras têm um tamanho super agradável, digamos que o tamanho certo.
A probabilidade estatística do amor à primeira vista” é um livro super gostoso de ler, é o típico livro que te prende, que faz com que você passe horas sem levantar, sem conseguir tirar o olho da história, a autora sobre deixar aquele gostinho de quero mais em cada capítulo, e, para mim, livros assim são os que me proporcionam uma leitura deliciosa. Outra coisa que me prende nos livros é o uso da linguagem coloquial, aquela linguagem popular, de fácil entendimento. Sem tirar que há bastante o uso de linguagem e atitudes dos jovens de hoje em dia, coisas do cotidiano… enfim, está tudo pareado. 
É isso, super indico esse livro, sei que, assim como eu, muitos outros jovens se identificarão.
E, se você já leu, deixe aqui seu comentário sobre o livro, fique a vontade para fazer sua mini-resenha.
Vocês podem comprar o livro pelo site da Saraiva.

Beijitos!

Novo começo.

 :)
“Que esse fim não traga dor, pois é apenas um novo começo…”
Acreditem, essa frase da música Novo Começo – Chimarruts me fez pensar em milhões de coisas, algumas não fizeram sentindo, já outras… 
Enfim, devo confessar que senti um apertinho no coração de ter que abandonar 2013, afinal, ele não foi ruim pra mim, apesar de todas as complicações – as mesmas que passamos durante todos os anos de nossa vida – ele foi maravilhoso. Pode ser que eu tenha amadurecido o suficiente para recolher todos os erros e transformá-los em acertos, ou até mesmo apagá-los da lista de coisas que, de certa forma, me deixam cabisbaixa. 
Acredito que os anos passam para que possamos recomeçar. Devemos transformar os anos seguintes em anos melhores. Melhores em tudo. Levo comigo a ideia de que 2013 foi bom, mas que 2014 pode ser melhor ainda. Cabe a nós preencher os 365 dias desse ano com coisas maravilhosas, coisas que nos fazem bem. Corram atrás, façam o possível!
 Muitos tombos serão tomados, mas não tem problema, somos fortes o suficiente para levantarmos e seguir em frente. Tenham a certeza de uma coisa: sentar e esperar o tempo passar não vai te levar a lugar nenhum e muitos menos entregar coisas boas em suas mãos. Você precisa agir. Procure ser feliz. Seja feliz. Permita que a felicidade tome de conta. Os ares serão outros. Saiba disso. Não sente ao esperar que 2014 seja lindo, faça-o ser lindo. A vida é tão curta para seguir sentado, então levante e vá, siga e aproveite.

Voltei! Feliz 2014!

Oi bonitezas!

Quero pedir desculpas pela ausência desde o dia 17 de dezembro, estava viajando e não tive tempo (e nem sinal) pra fazer quase nada, conseguia entrar apenas no twitter e olhe lá. Enfim, voltei pra Brasília e, tcharã, tive que levar o notebook pro conserto e não sei quando vai ficar pronto.

(Sim, comecei meu 2014 cheia de sorte para fazer as postagens – só que não!)

Mas, com tudo isso, consegui preparar várias coisas para poder voltar com tudo!! Muitas resenhas estão por vir, eventos, playlists e muitas outras coisas!!!

Vou começar a preparar algumas coisas pelo celular e quem sabe não consigo postar algumas coisas, né?! Não custa tentar.

Desejo a vocês um 2014 cheio de coisas boas, energias positivas sempre! Muita luz e paz nesse novo ano. Que possamos continuar juntos!

Mais uma vez, me perdoem pela ausência. Espero que me entendam!

Beijitos!

Thaís

Who You Love – John Mayer ft. Katy Perry

Oi!!!

Bom, nunca escondi todo meu amor pelo lindo-maravilhoso-espetacular John Mayer, né? Então, hoje, dia 17 de dezembro de 2013, o cara chegou mais uma vez para me encher de amores, e desta vez em dose dupla, porque é o lançamento do clipe “Who You Love” (uma música com a letra sensacional como todas as outras) e também por conta do dueto com uma mulher incrível, sim, dona Katy Perry! E eles vieram decididos a mostrar todo amor que cada um guarda dentro de si! E o meu troféu de melhor casal vai pra eles, com certeza!

 

 
Como não viver de amores por esse casal?
Eles são incríveis, maravilhosos!
E Who You Love, hein? Tudo lindo! 
Me sinto cada vez mais apaixonada todas as vezes que aperto o play!
Clipe Oficial:
O que vocês acharam do clipe?
Lindeza total, né?

Beijitos!

Thaís

Confissões de Adolescente. (2014)

Muitas pessoas já sabem da minha paixão por filmes nacionais – acredito que isso tenha feito um ponto de interrogação enorme na sua cabeça -, mas é isso, sou extremamente apaixonada por eles. Bom, o post de hoje é sobre um filme nacional que está despertando em mim uma baita vontade de acelerar as horas e adiantar os dias, é o Confissões de Adolescente.
Livro de Maria Mariana que originou a peça teatral e uma série televisiva exibida no Brasil entre 1994 e 1996, não acompanhei porque nem era nascida, mas pretendo ir atrás dos capítulos na íntegra e assistir tudinho. Enfim, o filme retratará as confissões (e confusões) de quatro irmãs que passam pelos caminhos da adolescência entre 13 e 19 anos. Dúvidas, amores, decisões e aventuras, tudo isso fará com que este seja um filme no qual pelo menos a maioria dos adolescentes se identificarão. 
Trailer:

Elenco: Sophia Abrahão, Isabella Camero, Malu Rodrigues, Clara Tiezzi, Georgiana Góes, Bruna Griphão, Olívia Torres, Deborah Secco, Hugo Bonemer, Caio Castro, Thiago Lacerda, Cássio Gabus Mendes.
Direção: Daniel Filho
Roteiro: Daniel Filho e Maria Mariana
Globo Filmes
Data prevista para estréia: 10 de janeiro de 2014

E aí, vamos?

Espero que tenham gostado!

Beijos! 

Sintomas de amor.

Love is in the air

Ficamos. Terminamos. Nos falamos pela última vez em janeiro ou fevereiro deste ano, eu sentia a ausência de alguém nestes 11 ou 10 meses, mas não sabia exatamente de quem, preferi guardar este sentimento só pra mim e ver o que acontecia, já que nem eu mesma conseguia decifrar o turbilhão de coisas que se entrelaçavam na minha cabeça e no meu coração. Ligo o computador, entro no Twitter, Facebook e Youtube, sites de praxe, e, por mais incrível que pareça, ao acessar o youtube a primeira música que ouço é aquela que me lembra um certo alguém, ok, esse é o tipo de coisa que temos que superar. Volto para o facebook e vejo uma solicitação de amizade pendente. É ele. Ele me achou. Só pode ser o destino.

O coração acelera, a mão começa a suar, as pernas começam a trepidar, não sei o que pensar, muito menos o que falar. Olho o instagram, ganhei um seguidor, é ele. Ele também me achou no instagram! Como assim?! Juro que nunca pensei que ele fosse capaz de lembrar meu “sobrenome-não-registrado”. Acho que ele é mais incrível do que eu pensava.
Chat no facebook, conversamos do mesmo jeito do dia em que nos conhecemos, em 2007. Parece que a conversa nunca teria fim, mas aí a minha insegurança gritava mais alto todas as vezes que ele demorava uns dois ou três minutos para responder, parece que ele sairia sem me dar tchau ou que, para ele, o assunto tinha acabado ali, mas não, ele demorava porque sempre fazia questão de usar palavras bonitas, sem abreviações e com mais de quatro linhas. Ele ainda é incrível. Pergunto da minha filha (no caso a irmã dele que – não sei porque – sempre me chamava de mãe), tia Helô e tio Alberto (meus ex-sogros), e ele, como sempre, fala da família com tanto amor e isso faz com que eu me encante ainda mais.

Conversamos sobre a vida durante umas 4 horas – as quatro horas mais rápidas da minha vida -, bate um medo da hora do tchau estar se aproximando, de nos despedirmos e demorarmos mais ainda para conversarmos de novo, enfim, ele precisa descansar, amanhã acorda cedo pra ir ao colégio. O frio na barriga continua e então ele, com o eterno poder de me acalmar, diz que agora, mesmo se não voltarmos a ser como éramos antes, estamos ligados acima de tudo pelo coração, pelo sentimento inacabável que temos um pelo outro e que independentemente do que o destino preparou pra nós, o que ele quer é a minha felicidade. E vice-versa. Talvez eu esteja boba demais escrevendo isso daqui, mas, talvez, isso também esteja entre os sintomas do amor. 

Cantores nacionais favoritos!

Oi!!!

Há um tempo venho recebendo algumas perguntas sobre as cantoras (e cantores) nacionais que mais ouço, então o post de hoje é para, de certa forma, mostrar um pouco do meu gosto musical, mostrar os meus ídolos da música desse Brasil, colocarei os doze que mais escuto sempre, sendo seis cantoras e seis cantores! 🙂

Luiza Possi ♥


Monique Kessous ♥

Sandy Leah ♥





Isabella Taviani ♥




Vanessa da Mata ♥

                                     




Mallu Magalhães 












Marcelo Jeneci ♥ 




Seu Jorge ♥




Paulinho Moska ♥


                                      


Leandro Léo 






Zeca Baleiro ♥





É isso, aí estão os doze que sempre estão nas minhas playlists do celular!
Espero que tenham gostado!

Beijitos!